Dança de rua: opção pela dignidade e compromisso social

Ana Cecília de Carvalho Reckziegel, Marco Paulo Stigger

Resumo


Este trabalho é parte dos resultados de uma pesquisa de caráter etnográfico que visou compreender o sentido atribuído à prática da dança de rua, por jovens moradores da periferia de Porto Alegre. Entre outras conclusões encontradas, identificou-se que a prática da dança, aliada aos princípios ideológicos colocados pelos elementos da cultura hip-hop e simbolizados pela atitude, caracteriza-se como um movimento estético-político que mobiliza os jovens, conduzindo- os a um engajamento político-social, com o objetivo de construir uma vida digna para si e resgatar crianças e adolescentes em situação de risco.

Palavras-chave


Dança de rua. Cultura. Movimento social.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.2868

Direitos autorais




Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment