Percebendo diferenças no ensino e na aprendizagem de técnicas de dança contemporânea

Sylvie Fortin, Warwick Long

Resumo


O propósito deste artigo é discutir as percepções de dançarinos em relação à integração da educação somática a técnicas de dança contemporânea a partir de uma perspectiva construtivista. O estudo analisou as experiências de oito dançarinos profissionais e pré-profissionais em aulas de dança que integravam a educação somática à técnica de dança contemporânea. Durante cinco dias foram registradas as percepções dos dançarinos em relação à integração do Método Feldenkrais - Consciência Através do Movimento® a técnicas de dança contemporânea. Foram utilizados os seguintes métodos de coleta de informações: observações participantes, discussões em grupo, registros de diários e entrevistas individuais. A partir de uma perspectiva construtivista e utilizando a análise temática, os pesquisadores procederam à interpretação das experiências dos dançarinos. A discussão dos resultados considerou a relação entre as vias somáticas de conhecimento e a pedagogia construtivista.

Palavras-chave


Educação somática. Ensino da dança contemporânea. Construtivismo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.2866



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment