Educação do corpo e seus limites: possibilidades para a Educação Física na classe hospitalar

Alexandre Fernandez Vaz, Carmen Lúcia Nunes Vieira, Michelle Carreirão Gonçalves

Resumo


O presente trabalho apresenta alguns resultados de uma investigação que buscou alternativas social e pedagogicamente relevantes para o ensino de Educação Física em classe hospitalar. Acompanhados por instrumentos etnográficos, elaboramos experimentalmente alguns elementos para a consecução de uma proposta de Educação Física escolar naquele ambiente. Tratamos de questões como as alterações das relações de poder entre professores e alunos, a organização pedagógica das aulas, o significado da condição de estar doente. Consideramos, finalmente, as dificuldades da condição de professor nesse contexto e pontos que devem ser amadurecidos para a continuidade da Educação Física na classe hospitalar.

Palavras-chave


Ensino Fundamental. Educação Física. Educação Especial.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.2862

Direitos autorais




Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment