Itinerários da Educação Física na Escola: O caso do Colégio Estadual do Espírito Santo

Autores

  • Valter Bracht
  • Rosely Maria da Silva Pires
  • Ana Flávia Sofiste
  • Sabrina Poloni Garcia
  • Felipe Quintão de Almeida
  • Elisa Barcellos da Cunha e Silva
  • Evânia Nunes de Angeli
  • Mauro Sérgio da Silva

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.2859

Palavras-chave:

Escola. Disciplinas escolares. Educação física

Resumo

Esse estudo analisa o itinerário da disciplina Educação Física no Colégio Estadual do Espírito Santo, no período de 1970 a 2000, procurando: identificar o discurso construído por ela para legitimar-se no currículo daquela escola; examinar as possíveis mudanças de sentido da sua presença no currículo; identificar os principais fatores internos e externos que influenciaram as características assumidas pela disciplina; analisar as soluções pensadas para superar a atual crise da disciplina no colégio. O estudo de caso realizado indica uma forte dependência da legitimidade e do status da disciplina Educação Física, dos desdobramentos da prática esportiva e das políticas públicas voltadas ao esporte competitivo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-12-27

Como Citar

BRACHT, V.; PIRES, R. M. da S.; SOFISTE, A. F.; GARCIA, S. P.; ALMEIDA, F. Q. de; CUNHA E SILVA, E. B. da; ANGELI, E. N. de; SILVA, M. S. da. Itinerários da Educação Física na Escola: O caso do Colégio Estadual do Espírito Santo. Movimento, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 9–21, 2007. DOI: 10.22456/1982-8918.2859. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/2859. Acesso em: 18 maio. 2022.

Edição

Seção

Em foco