Contribuições da Hygiene à escolarização da Educação Física

Fernanda Simone Lopes de Paiva

Resumo


Explora parte da argumentação construída por Paiva (2003) na demonstração da centralidade do processo de escolarização na criação das condições de possibilidade para o engendramento do campo da educação física no Brasil. Apresenta, categoriza e analisa representações e práticas médico-higienistas veiculadas na produção do conhecimento sobre e para a educação physica, tendo como fontes as theses sustentadas na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, no século XIX.

Palavras-chave


Pensamento Médico-higienista Oitocentista. História da Educação Física no Brasil. Escolarização

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.2849

Direitos autorais




Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment