A educação ambiental e o desporto na natureza: Uma reflexão crítica sobre os novos paradigmas da educação ambiental e o potencial do desporto como metodologia de ensino

Paulo Filipe Rosa, Luís Alberto Dias Carvalhinho

Resumo


A ideia de que a mera transmissão de conhecimentos e competências teóricas são suficientes para alcançar o comportamento pro-ambiental está actualmente refutada. Outros fatores como o ensino vivencial e experiencial são fundamentais para que se alcancem estes objectivos. Neste campo, o desporto na natureza poderá constituir uma das metodologias para o seu ensino. O presente artigo constitui uma aproximação teórica e crítica dos atuais paradigmas de ensino da educação ambiental e do potencial do desporto como metodologia de ensino. As conclusões revelam que os benefícios do desporto na natureza se cruzam com os objectivos da educação ambiental sobretudo numa fase de aquisição de consciência ambiental.


Palavras-chave


Natureza. Educação ambiental. Esportes

Texto completo:

PDF-BR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.27564

Direitos autorais




Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment