A comunicação entre crianças, pais e treinadores na escolinha esportiva de basquetebol em aulas e eventos esportivos - a perspectiva dos sujeitos

Marisa Mendes Götze, Benno Becker Júnior

Resumo


Este estudo foi realizado com crianças, pais e treinadores de uma escolinha esportiva de Basquetebol, em aulas e eventos esportivos. A referida escolinha faz parte de um programa de iniciação esportiva da Secretaria Municipal de esportes, recreação e lazer de Porto Alegre (SME). É de corte qualitativo, descritivo, um estudo do tipo etnográfico. O problema do estudo foi: Como ocorre a comunicação entre crianças, pais e treinadores na escolinha esportiva de Basquetebol, em aulas e eventos esportivos? O estudo ficou organizado em referencial teórico, decisões metodológicas, análise e interpretação das informações que foram obtidas através das observações, entrevistas semi-estruturadas, diário de campo e análise de documentos. A partir das informações surgiram 265 unidades de significado que aproximadas por temáticas foram obtidas três categorias de análise.

Palavras-chave


Comunicação, crianças, pais, treinadores, escolinha esportiva.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.2649



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment