ESCLARECIMENTO E EMANCIPAÇÃO - PRESSUPOSTOS DE UMA TEORIA EDUCACIONAL CRÍTICA PARA A EDUCAÇÃO FÍSICA

Elenor Kunz

Resumo


Tentarei mostrar que pode-se facilmente relacionar com as diferentes áreas específicas do conhecimento, porém, gostaria de apontar algumas situações em que Educação Física/Esportes têm se postado de forma anti-esclarecedora e anti-emancipatória. E, com a atual situação Educação Física Escolar, sendo "elevada" à condição de "componente curricular" , integrada à proposta pedagógica da escola (nova LDB), talvez seja chegada a hora, de seus profissionais apresentarem uma argumentação pedagógica legitimadora e convincente, de sua contribuição na chamada formação da cidadania. Para tanto, as chamadas propostas renovadoras com projetos concretos de intervenção nesta realidade e surgidas somente no inicio dos anos 90, talvez possam vir a ser, doravante, melhor consideradas, ampliadas e redimensionadas para a prática.

Palavras-chave


Conhecimento. Currículo. Educação Física.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.2456



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment