Percepções de Competência: Um Estudo com Crianças e Adolescentes do Ensino Fundamental

Gustavo de Almeida, Nádia Cristina Valentini, Adriana Berleze

Resumo


Este estudo teve como objetivo investigar como crianças (96 crianças do ensino fundamental publico) expressam suas percepções de competência nos diferentes domínios do comportamento humano. Foi utilizada a Escala de Percepção de Competência para Crianças (HARTER, 1985). Os resultados sugerem que: (1) crianças mais velhas apresentam níveis menores de percepção de competência; (2) as percepções de competência de meninos e meninas nos diferentes domínios foram semelhantes; (3) a percepção de competência escolar é mais baixa para as crianças mais velhas e repetentes; e, (4) a menor competência escolar percebida, parece não afetar os níveis de competência nos demais domínios.

Palavras-chave


Percepção. Educação baseada em competências. Criança.

Texto completo:

PDF-BR PDF-EN


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.2416



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment