CURRÍCULO, FORMAÇÃO PROFISSIONAL NA EDUCAÇÃO FÍSICA & ESPORTE E CAMPOS DE TRABALHO EM EXPANSÃO: ANTAGONISMOS E CONTRADIÇÕES DA PRÁTICA SOCIAL

Celi Nelza Zulke Taffarel

Resumo


A possibilidade teórica (hipótese de trabalho) apresentada no presente texto refere-se as evidências de que as reflexões sobre o currículo de formação do profissional de Educação Física & Esporte no Brasil apresentam fortes vínculos com o projeto histórico capitalista e desconsideram os reais setores lucrativos do capitalismo senil. São, também, reconhecidas categorias teóricas, referências éticas e processuais da luta de classes para orientar a ação de reconceptualizar, ou seja, reformular, na essência, o currículo de formação profissional.

Palavras-chave


Currículo. Formação profissional.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.2366

Direitos autorais




Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment