Lazer e meio ambiente: percepções de escolares e de coletores de caranguejo de Barra Nova ES

José Luiz dos Anjos

Resumo


O estudo tem como objetivo analisar a percepção de pescadores de caranguejo tendo como escopo o que os “catadores” de caranguejo fazem e realizam em seus tempos livres. O estudo intenta identificar o local de trabalho e de lazer, imbricando o cenário das relações, na evidência de que os espaços podem ser transformados a partir da percepção dos sujeitos. O lazer se traduz numa ação voluntária, pois se trata, segundo os catadores, da percepção do tempo e do espaço estruturados para obtenção do lazer.


Palavras-chave


Lazer. Trabalho. Educação. Educação Física



DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.2215

Direitos autorais



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment