O FALSO CONFLITO ENTRE ATIVIDADE FÍSICA E ASMA

Irene C. Rangel Betti

Resumo


O indivíduo portador de asma brônquica geralmente vive em precárias condições físicas porque sente-se limitado para a prática ou, no caso de crianças asmáticas, são superprotegidas pelos pais e privadas de atividades. Muitas crianças são, até mesmo, dispensadas das aulas de educação física. Entretanto, existe a possibilidade destes indivíduos receberem os benefícios das atividades físicas através da ginástica respiratória e natação. Ao contrário do que se imagina, a atividade física, quando bem controlada, pode diminuir o número e a intensidade das crises de asma. Os profissionais de educação física precisam conhecer esta modalidade, para que possam auxiliar cada vez mais os portadores de asma brônquica.

Palavras-chave


Asma-brônquica. Atividade física. Ginástica respiratória.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.2007

Direitos autorais




Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment