IMPORTÂNCIA DA PESQUISA SOCIAL EM SAÚDE

José Moriño Mosquera, Claus Dieter Stobäus

Resumo


É sabido que o ser humano tem estado sempre interessado em decifrar e conviver com seu meio ambiente e, especialmente, em entender a natureza dos fenômenos que se lhe apresentam ante os seus sentidos. Obras belíssimas como "Uma história natural dos sentidos", de Diane Ackerman, o comprovam. Os meios que lhe servem para alcançar estes fins podem classificar-se em três amplas categorias: experiência, raciocínio e investigação. É importante alertar que, apesar de poderem ser analisadas por separado, estas categorias servem, quando integradas, para a busca de solução de complexos problemas que afetam a sua vida e o seu mundo em constante mutação. Passamos a analisar estas três categorias, já que elas representam os níveis de conhecimento com os quais o ser humano lida e tenta desenvolver a sua existência.

Palavras-chave


Ciência social. Pesquisa social. Saúde.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.2006

Direitos autorais




Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment