A DANÇA COMO PRODUTO À VENDA EM CASAS NOTURNAS: UM MAPEAMENTO DO TERRENO MERCADOLÓGICO

Eliane Regina Crestani Tortola, Larissa Michelle Lara

Resumo


O estudo, orientado pela etnografia multissituada, problematiza as relações sociais estabelecidas no contexto de casas noturnas na cidade de Maringá-PR de modo a identificar como a dança é apropriada nesses espaços e se os frequentadores a identificam como principal atrativo de consumo. Os resultados atentam para a presença da dança na maioria dos espaços urbanos de lazer noturno investigados e para sua prática alienada, reforçada, muitas vezes, pelas músicas midiáticas e consumo etílico, intensificados pelas investidas da indústria da diversão.


Palavras-chave


Dança; Atividades de Lazer; Antropologia

Texto completo:

PDF-BR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.19999



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment