REPRESENTAÇÕES DE MASCULINIDADE NA DANÇA CONTEMPORÂNEA

Giuliano Andreoli

Resumo


Esse artigo aborda as articulações entre representações culturais de gênero masculino e dança contemporânea. Para sustentação da problemática da pesquisa, lança mão do referencial teórico dos Estudos Culturais e dos estudos pós-estruturalistas de gênero. Utiliza-se da metodologia de pesquisa qualitativa, coletando informações através de entrevistas, para analisar narrativas de bailarinos. Discute a idéia bastante difundida da dança como algo mais associado a mulheres ou homens homossexuais, percepção que atua como uma barreira ao ingresso dos homens em quaisquer atividades rítmicas ou expressivas.


Palavras-chave


Dança. Identidade de Gênero. Corpo humano. Masculinidade

Texto completo:

PDF-BR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.16175



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment