MARIO FILHO E A "INVENÇÃO" DO JORNALISMO ESPORTIVO PROFISSIONAL

André Mendes Capraro

Resumo


Mario Filho é apontado como a principal referência do jornalismo esportivo brasileiro. O objetivo do presente artigo é o de investigar como foi construída a máxima de que este agente seria o “inventor” do jornalismo esportivo moderno. Seguindo alguns “indícios”, principalmente a análise de crônicas esportivas, concluiu-se que foi sobretudo na cidade do Rio de Janeiro que Mario Filho se tornou uma celebridade do esporte. Por outro lado, seu alcance era limitado em outros centros. Quanto à transmissão recorrente de que o jornalista foi o “inventor” do jornalismo esportivo moderno, destaca-se a importância do reforço feito por reconhecidos jornalistas, intelectuais e artistas. No seio deste grupo, o mais engajado foi seu próprio irmão, Nelson Rodrigues.


Palavras-chave


Mario Filho; futebol brasileiro; crônica esportiva

Texto completo:

PDF-BR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.15154



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment