CULTURAS, POLÍTICAS E PRÁTICAS DE INCLUSÃO NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM EDUCAÇÃO FÍSICA: ANALISANDO AS EMENTAS

Michele Pereira de Souza da Fonseca, Mônica Pereira dos Santos

Resumo


O presente artigo tem como objetivo analisar as ementas das disciplinas obrigatórias que compõe o currículo dos licenciandos do curso de Educação Física da UFRJ, observando se e como a Inclusão é tratada durante sua formação. Para este fim, utilizamos como referencial de análise e discussão a estrutura conceitual sobre Inclusão, compreendida em três dimensões: a construção de culturas, o desenvolvimento de políticas e a orquestração de práticas inclusivas.No que tange a metodologia, realizamos a análise documental; dessa forma, pesquisamos as ementas de todas as 37 disciplinas obrigatórias que compõe o currículo dos licenciandos em Educação Física da Instituição pesquisada, e para a análise dos dados obtidos, utilizamos o método de Análise de Conteúdo. Nesse quadro geral da análise das ementas, observamos que os temas relativos à dimensão da orquestração de práticas inclusivas se apresentam em maior número (36,36%). Muito emparelhados surgem os temas relativos à dimensão da criação de culturas inclusivas (29,70%) e à dimensão biológica (28,48%), e apenas 5,46%  remetem a questões da dimensão do desenvolvimento de políticas inclusivas. Percebemos, então, que há uma enorme ênfase nas práticas, e grande preocupação com as questões físico-corporais e biológicas, em detrimento de um cunho político, fundamental para orientar uma formação crítica e reflexiva.

 


Palavras-chave


Educação física: educação. Currículo. Equidade

Texto completo:

PDF-BR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.15101

Direitos autorais




Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment