PRÁTICAS CORPORAIS E GRANDE SAÚDE: UM ENCONTRO POSSÍVEL

Flávio Soares Alves, Yara Maria de Carvalho

Resumo


Atividade física produz saúde. Ao admitir a precoce veracidade que a afirmação suscita, a desconstruímos na dimensão ideológica para recolocar os propósitos da atividade física no âmbito da saúde. Para sustentar este deslocamento, buscamos respaldo no conceito de Grande Saúde forjado na filosofia de Nietzsche e deste âmbito lançamos considerações sobre as práticas corporais, para discutirmos o cuidado a partir de imperativos fisiológicos, preocupados com as necessidades vitais do corpo. Tais possibilidades só emergem quando se potencializa o encontro do sujeito consigo e com o outro – tal como operado no contexto das práticas corporais. É a qualidade deste encontro que permite experimentar a Grande Saúde.

Palavras-chave


práticas corporais; cuidado; Grande Saúde; promoção da saúde;

Texto completo:

PDF-BR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.13280

Direitos autorais



 

Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment