PERCEPÇÃO DOS ESTUDANTES SOBRE COMPORTAMENTO NO ENSINO DO PROFESSOR E SATISFAÇÃO COM A EDUCAÇÃO FÍSICA: UMA QUESTÃO DE GENÊRO?

Juan Luis Hernández-Álvarez, Clara López-Crespo, María Eugenia Martínez-Gorroño, Ángeles López-Rodríguez, María José Álvarez-Barrio

Resumo


Este trabalho analisa a satisfação com a educação física (EF) e a percepção do comportamento no ensino do professor. Participaram 2536 estudantes (idade 13,77 ± 2,0). Foram aplicadas duas escalas: a) escala de satisfação com a educação física; y b) escala de comportamento no ensino dos professores. Os resultados demonstram uma alta satisfação com a EF, bem como a percepção de uma boa freqüência do comportamento no ensino do professor. Existem algumas diferenças significativas em função do gênero dos alunos e professores. Não há relação direta de simpatia de gênero encontrada em outros estudos: meninos e meninas percebem com mais freqüência um comportamento no ensino do professor de maneira desejável, quando ele é uma mulher.


Palavras-chave


Identidad de género. Educación Física. Satisfacción personal. Enseñanza. Conducta.

Texto completo:

PDF-BR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.13220



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment