SOCIOLOGIA DO CORPO É SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO FÍSICA

Rafael da Silva Mattos

Resumo


O texto é uma resenha do livro de Duret e Roussel intitulado Le corps et ses sociologies. O livro apresenta uma discussão sociológica da corporeidade a partir de vários autores clássicos. As interações sociais corporais como os olhares, fisionomias, posturas, gestos são construções culturais e históricas. O corpo se revela com produto da sociedade, mas também como construturor de sentidos e significados culturais. Os autores elaboram uma discussão do corpo em sete capítulos, apresentando inúmeros problemas de estudo: os usos sociais do corpo; as marcas corporais na sociedade; os gestos corporais como regulares de interações sociais; o corpo e a fenomenologia; o corpo e a modernidade; o corpo e as normas de beleza; o corpo e as identidade sexuais; o corpo e as relações de poder.

 

 

 


Palavras-chave


Sociologia do Corpo; Educação Física; Corporeidade

Texto completo:

PDF-BR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.12407

Direitos autorais



 

Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment