ESTUDO PREDITIVO DA INTENSIDADE DE CORRIDA NA MEIA-MARATONA COM BASE NA RELAÇÃO LACTATO-VELOCIDADE OBTIDA NUM TESTE DE TERRENO

Paulo J. M. Santos

Resumo


O objetivo deste estudo foi investigar a validade de um teste de terreno na predição da performance na meia-maratona (21095m). Foram avaliados 18 fundistas que realizaram um total de 33 meias-maratonas e um número idêntico de testes de terreno incrementais (4x2000m), de modo a determinar a relação entre a intensidade de corrida e a acumulação sangüínea de lactato. As velocidades utilizadas no teste variaram entre 4.2 e 5.8m/s, com incrementos de 0.4m/s por patamar. Após cada patamar de carga foram recolhidas amostras de sangue capilar do lóbulo da orelha e analisadas num YSI-1500L Sport para determinação da lactatemia. Na análise estatística recorremos ao Coeficiente de Correlação de Pearson e ao Modelo de Regressão Linear Simples. O nível de significância foi mantido em 5%. 0

 

The purpose of this study was to investigate the validity of a field test in predicting the half-marathon (21095m) performance. Eighteen long-distance runners performed a total of 33 halfmarathons and an equal amount of incrementai field tests (4x2000m) to established the relationship between running speed and blood lactate leveis. The speeds used in the field test ranged from 4.2 to 5.8m/s with increments of 0.4m/s in each step. Following each loading levei blood samples were taken from the ear lobe and analysed using an YSI-1500L Sport. Statistical analysis included the Pearson correlation coefficient and the simple linear regression model. The levei of significance was set at 5%


Palavras-chave


Previsão da performance. Limiar aeróbio-anaeróbio. Lactato. Testes de terreno. Corredores de elite. Meio-fundo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.11778

Direitos autorais 2019 Movimento (ESEFID/UFRGS)




Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment