APROXIMAÇÕES ENTRE EDUCAÇÃO FÍSICA E PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA: UMA ANÁLISE DA PRODUÇÃO BIBLIOGRÁFICA DE 1996-2019

Leonardo Carlos de Andrade, Roberto Pereira Furtado

Resumo


Este estudo teve como objetivo analisar a produção do conhecimento no Brasil sobre o tema pedagogia histórico-crítica e Educação Física, em um recorte temporal de 1996 a 2019. Identificamos 163 produções, das quais extraímos os seguintes aspectos: 1) Saltos quantitativos na produção do conhecimento; 2) O debate no interior de eventos científicos; 3) Instituições e regiões mais prolíficas; 4) Principais orientadores de teses e dissertações; 5) Obras/autores mais citados; 6) Relações entre os autores. Identificamos que, após 2012, a produção aumentou progressivamente, porém as relações de cooperação são restritas. Concluímos que, apesar dos avanços recentes, novos laços e parcerias devem ser edificados para a construção coletiva da Educação Física à luz desta teoria pedagógica.

 


Palavras-chave


Revisão. Indicadores de Produção Científica. Educação. Educação Física.

Texto completo:

PDF-POR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.112513

Direitos autorais 2021 Movimento (ESEFID/UFRGS)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment