O VALOR DA MARCA DAS EQUIPES ESPORTIVAS PROFISSIONAIS NA PERSPECTIVA DO CONSUMIDOR: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

Yves Miranda, Marcos Antonio Barros Filho, Carlos Augusto Mulatinho de Queiroz Pedroso, Victor Henrique Rodrigues Silva, José Pedro Sarmento, Rui Biscaia, Amélia Brandão

Resumo


O presente estudo teve como objetivo descrever e revisar criticamente a literatura acerca do valor da marca das equipes esportivas profissionais na ótica do consumidor. Utilizou-se de uma revisão integrativa, com buscas entre outubro e novembro de 2019 por artigos empíricos e conceituais publicados até setembro de 2019, nas seguintes bases de dados: SCOPUS, Web of Science, Academic Search Ultimate e Business Source Ultimate. Após a aplicação dos critérios de inclusão e exclusão, uma busca paralela nas principais revistas da área da gestão e marketing do esporte e o processo de cross-manual reference, 16 artigos foram incluídos na revisão. Observou-se uma predominância de publicações na Europa, no futebol, inicialmente com uma abordagem qualitativa, transitando nas últimas publicações para uma análise quantitativa. Várias dimensões são utilizadas para a análise da temática e sua importância é justificada pelo impacto na lealdade dos fãs, no sucesso econômico e esportivo das equipes.

 

 


Palavras-chave


Marketing. Comportamento do consumidor. Gestão da qualidade. Revisão.

Texto completo:

PDF-POR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.104762

Direitos autorais 2021 Movimento (ESEFID/UFRGS)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment