DISCURSOS DE ESTUDANTES DE LICENCIATURA EM DESPORTO ACERCA DAS MULHERES ATLETAS DE ARTES MARCIAIS MISTAS

Grasiela Oliveira Santana da Silva, Angelita Alice Jaeger, Paula Silva

Resumo


O processo histórico-cultural do esporte foi influenciado pelos (e influenciador dos) espaços que homens e mulheres foram ocupando na sociedade ao reafirmar normas e também provocar fissuras. E assim, o corpo feminino adentra no Mixed Martial Arts (MMA). O estudo analisa discursos acerca da participação das mulheres atletas no MMA. Foi realizada uma pesquisa qualitativa através de grupos focais com estudantes (16 homens e nove mulheres) da licenciatura em Desporto de uma instituição do norte de Portugal. Fizemos a análise de conteúdo com apoio do software QSRNvivo 12 Pro. Há uma desassociação do MMA enquanto esporte, reconhecendo-o como prática nociva à saúde das lutadoras, embora seja identificado como uma conquista das mulheres. A inserção e a crescente presença de lutadoras no MMA caracterizam uma vitória e configura novas relações com seus corpos e feminilidades.

 


Palavras-chave


Artes Marciais. Mulheres. Atletas. Feminilidade.

Texto completo:

PDF-ENG (English)


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.103726

Direitos autorais 2021 Movimento (ESEFID/UFRGS)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment