PARA A CONSTRUÇÃO DE UMA ESCOLA ATIVA NA DIMENSÃO EXTRACURRICULAR: ESTUDO DE CASO NUMA ESCOLA PORTUGUESA

Denise Nogueira Mendes, Fernando Paulo Cunha, Kelly Lemos OHara, Paula Maria Batista

Resumo


O propósito central deste estudo é caracterizar uma escola secundária portuguesa (na área do Grande Porto), na sua dimensão extracurricular, como ponto de partida para a implementação de um projeto de Escola Ativa. Utilizam-se como instrumentos questionários e entrevistas semiestruturadas, sendo os dados recolhidos tratados com recurso à análise temática e a estatísticas descritivas simples. Os resultados obtidos são apresentados na sequência dos temas encontrados, oportunidades e barreiras, tendo-se concluído que, embora a comunidade educativa mostre interesse na adesão ao projeto, é necessário definir um enquadramento concetual, desenvolver um processo de sensibilização prévia, juntamente com a designação de um líder e uma equipa mobilizadores de uma visão agregadora do mesmo, bem como implementar programas de atividade física motivantes, sistemáticos e sustentáveis.

Palavras-chave


Ensino fundamental e médio. Atividade motora. Esportes. Professores Escolares.

Texto completo:

PDF-POR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.102388

Direitos autorais 2021 Movimento (ESEFID/UFRGS)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment