Gestão Pedagógica de Recursos Multifuncionais: um relato de experiência em uma escola de ensino fundamental no município de Mamanguape/PB, Brasil

Mariano Castro Neto

Resumo


Este artigo objetiva relatar a experiência realizada em uma escola pública no Município de Mamanguape-PB acerca da gestão pedagógica de recursos multifuncionais. Trata-se de um estudo exploratório e descritivo. Como síntese final, pode-se afirmar que há evidências em relação ao aumento da demanda por salas de recursos multifuncionais nas escolas de Mamanguape/PB, portanto, ampliar e aprimorar os processos de gestão pedagógica de recursos multifuncionais tornam-se imperiosos nessa realidade. Como continuação desta pesquisa, procurou-se avaliar e identificar práticas pedagógicas bem sucedidas para pessoas com deficiência a partir do uso de recursos multifuncionais, além de buscar ampliar as discussões acerca da importância da gestão pedagógica desses recursos em escolas públicas.

Palavras-chave


Recursos multifuncionais. Pessoas com deficiência. Processos ensino-aprendizagem.

Texto completo:

PDF

Referências


Referências

BRASIL. [Lei Darcy Ribeiro (1996)]. Lei de diretrizes e bases da educação nacional: Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. - 11. ed. - Brasília: Câmara dos Deputados, Edições Câmara, (2015) - (Série legislação; n. 159).

CASTRO NETO, Mariano. Hipermídia e acessibilidade na era da inclusão/ Luciane Maria Fácil, Vânia Ribas Ulbricht. - João Pessoa: Ideia, (2013).

________. Estado da arte acerca da existência de núcleos de acessibilidade digital localizados no nordeste brasileiro. In: 6º Congresso Nacional de Ambientes Hipermídia para Aprendizagem, João Pessoa: Ideia, (2013). v. 1. p. 1-375.

EIRAS, Jonathas de Sousa. Processo de implantação da sala de tecnologias assistivas em uma escola do município de Mamanguape - PB. 2014. 46f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso de Licenciatura em Ciência da Computação). Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Campus IV - Rio Tinto - Paraíba - Brasil, julho de (2014).

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social / Antonio Carlos Gil. - 5.ed. - Sao Paulo: Atlas, (1999).

LEI FEDERAL nº 7.853, de 24 de outubro de 1989, que foi regulamenta pelo Decreto 3298, de 20/12/1999.

LÜCK, Heloísa. Dimensões de gestão escolar e suas competências. Curitiba: Editora Positivo, (2009).

MEC - Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Manual de Orientação: Programa de Implantação de Salas de Recursos Multifuncionais. Brasília: MEC/SEESP, (2010).

ONU - Organização das Nações Unidas. Resolução 45/91. Assembléia Geral das Nações Unidas, 68a Sessão Plenária. Nova York, 14 dez. (1990).

UNESCO. Declaração de Salamanca. Necessidades Educativas Especiais- NEE Conferência Mundial sobre NEE. Salamanca - Espanha, (1994), 17 p.

VOGEL, Arno (org.) Trabalhando com a diversidade no Planfor: raça/cor, gênero e pessoas portadoras de necessidades especiais. São Paulo. Editora UNESP, Brasília, DF: Flacso do Brasil, (2001).




DOI: https://doi.org/10.22456/1982-1654.57140

Direitos autorais 2016 Informática na educação: teoria & prática

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO: teoria & prática. e-ISSN: 1982-1654 ISSN Impresso:1516-084X