Análise da produção dos congressos brasileiros de comunicação suplementar e/ou alternativa: tendências e perspectivas

Regina Yu Shon Chun, Eliana Cristina Moreira, Graziela Batista Dallaqua, Maria Tereza Maynard Santana

Resumo


A Comunicação Suplementar e/ou Alternativa (CSA) encontra-se em expansão no Brasil, sendo ainda, pouco documentada. Este trabalho trata-se da análise documental dos anais e livros dos quatro primeiros congressos brasileiros de CSA, com o objetivo de mapear e conhecer a produção científica para levantar e identificar perspectivas e lacunas. Foram analisados 323 trabalhos, nas categorias: área do trabalho, tipo de instituição, população-alvo e ciclos de vida dos usuários. Os resultados mostram maior variedade nas categorias ao longo dos anos, evidenciando tendência de ampliação da CSA além da Saúde e Educação, abrangendo as áreas de Arte e Tecnologia; diversos ciclos de vida; outros interlocutores, como educadores e graduandos e outros ambientes além do aumento entre as parcerias de Centros especializados e Universidades. As mudanças abrem perspectivas de um novo olhar da CSA no país, abrangendo questões de funcionalidade, participação e inclusão em consonância com as políticas públicas de Saúde e Educação.

Palavras-chave


Comunicação Suplementar e Alternativa; Revisão sistemática; Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-1654.43180

Direitos autorais



INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO: teoria & prática. e-ISSN: 1982-1654 ISSN Impresso:1516-084X