Uma arquitetura pedagógica apoiada em tecnologias da informação e comunicação: processo de aprendizagem em química no ensino médio

Edson Luiz Lindner

Resumo


A necessidade urgente de mudanças no Ensino Médio do Brasil motivou o pesquisador desta
tese a propor mudanças na forma tradicional de se trabalhar a Química com os estudantes. Com
a evolução das tecnologias de informação e comunicação, é necessário que o cidadão seja incluí-
do na cultura digital para que possa fazer parte da sociedade globalizada dos dias atuais. Assim,
também é tarefa da escola a busca da inclusão dos sujeitos nessa cultura digital. A utilização das
novas tecnologias é importante e deve ser considerada quando se planejam atividades de apren-
dizagem com os alunos da Escola Básica. O principal objeto de pesquisa dessa tese foi o estudo
dos processos cognitivos que envolvem aspectos da aprendizagem da Química com o uso dessas
tecnologias. Procurou-se verificar como uma Arquitetura Pedagógica orientada para os alunos,
contendo atividades experimentais, produção de vídeos e elaboração de modelos digitais no am-
biente Squeak-Etoys, pode contribuir para a construção do conhecimento químico. Entende-se a
Arquitetura Pedagógica como um conjunto de estratégias, dinâmicas de grupo, softwares educa-
cionais e ferramentas de apoio à cooperação que possam favorecer a aprendizagem. A análise dos
processos vivenciados pelos sujeitos da pesquisa foi fundamentada pela Epistemologia Genética de
Jean Piaget. A partir das análises dos dados da pesquisa pretende-se propor orientações para as
ações pedagógicas com o uso de ambientes digitais, onde ocorram processos nos quais os sujeitos
possam representar, ampliar e consolidar o seu conhecimento científico.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-1654.12316

Direitos autorais



INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO: teoria & prática. e-ISSN: 1982-1654 ISSN Impresso:1516-084X