OS GRUPOS INDÍGENAS E OS DOCES BRASILEIROS

Mártin César Tempass

Resumo


Nas obras de Gilberto Freyre e Câmara Cascudo, que tanto influenciaram a literatura sobre a alimentação brasileira, a participação dos grupos indígenas no processo de formação da doçaria nacional é negligenciada. Contudo, é possível encontrar nas “entrelinhas” das obras destes dois autores valiosas informações sobre as contribuições indígenas a este processo. A partir destes dois autores e baseado na noção de sistemas culinários, o presente artigo busca situar o papel dos grupos indígenas na formação da doçaria brasileira e elencar as possíveis razões para a invisibilidade da doçaria de origem indígena no processo de formação da culinária nacional.

Palavras-chave


Grupos indígenas; sistemas culinários; doçaria; culinária brasileira.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-6524.7201

Qualis Área de Avaliação Classificação ANTROPOLOGIA / ARQUEOLOGIA B1 CIÊNCIAS AMBIENTAIS B2 COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO B2 DIREITO B3 EDUCAÇÃO B3 HISTÓRIA B3 INTERDISCIPLINAR B2 LINGUíSTICA E LITERATURA B2 LINGUíSTICA E LITERATURA B2 MEDICINA II B5 PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL / DEMOGRAFIA B3 PSICOLOGIA B3 SOCIOLOGIA