MORTE RITUAL: REFLEXÕES SOBRE O “SUICÍDIO” SURUWAHA

Marcio Martins dos Santos, Kariny Teixeira de Souza

Resumo


Este trabalho, ao analisar uma prática sócio-cultural do povo Suruwaha - a “morte ritual” – tem como objetivo problematizar e corroborar com a revisão conceitual do termo “suicídio”, considerando-o inapropriado para o que de fato ele representa neste caso específico. A reflexão deste caso, feita a partir de uma revisão de parte da literatura antropológica sobre esse povo, pretende evidenciar os riscos e limitações que pode ser acarretados por este “olhar ocidentalizado” em relação a uma prática indígena.
A análise antropológica de questões relacionadas à “morte ritual” dos Suruwaha indubitavelmente nos conduz a interessantes leituras acerca dos resultados e significados do processo de contato da “sociedade ocidental” com os povos indígenas. Ao mesmo tempo, demonstra a complexidade das culturas ditas tradicionais enquanto objetos de estudo, uma vez que estas se mostram passíveis de constantes e complexas transformações e reelaborações.

Palavras-chave


práticas culturais, Amazônia, suicídio, morte ritual

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-6524.7191

Qualis Área de Avaliação Classificação ANTROPOLOGIA / ARQUEOLOGIA B1 CIÊNCIAS AMBIENTAIS B2 COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO B2 DIREITO B3 EDUCAÇÃO B3 HISTÓRIA B3 INTERDISCIPLINAR B2 LINGUíSTICA E LITERATURA B2 LINGUíSTICA E LITERATURA B2 MEDICINA II B5 PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL / DEMOGRAFIA B3 PSICOLOGIA B3 SOCIOLOGIA