A ESCOLA NA CIDADE E A ESCOLA NA ALDEIA: A CRIAÇÃO DO COLÉGIO ESTADUAL INDÍGENA BENEDITO ROKAG, TERRA INDÍGENA KAINGANG APUCARANINHA (TAMARANA/PR)

Flor Magali Aguilar Lopez, Luiz Antonio Norder

Resumo


Este texto analisa as interpretações da população kaingang da Terra Indígena Apucaraninha (Tamarana/PR) sobre a criação do Colégio Estadual Indígena Benedito Rokag, situado no interior da aldeia, e realiza uma comparação com o período anterior, quando os indígenas se deslocavam até a sede do distrito mais próximo para cursar o ensino médio. A revisão bibliográfica, a entrevista semiestruturada e a observação direta foram os instrumentos utilizados para a coleta e análises de dados. Os resultados da pesquisa de campo indicaram as principais dificuldades dos alunos indígenas para cursar o ensino médio em um distrito rural no entorno da Terra Indígena, entre as quais se destaca o preconceito, e também os principais benefícios e desafios associados à implementação do Colégio no interior da aldeia, com destaque para a importância da escola para a (re)construção da identidade social e cultural dos jovens indígenas.

Palavras-chave


educação escolar indígena; ensino médio; identidade; movimento indígena; discriminação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-6524.66580

Qualis Área de Avaliação Classificação ANTROPOLOGIA / ARQUEOLOGIA B1 CIÊNCIAS AMBIENTAIS B2 COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO B2 DIREITO B3 EDUCAÇÃO B3 HISTÓRIA B3 INTERDISCIPLINAR B2 LINGUíSTICA E LITERATURA B2 LINGUíSTICA E LITERATURA B2 MEDICINA II B5 PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL / DEMOGRAFIA B3 PSICOLOGIA B3 SOCIOLOGIA