“SEM TEKOA NÃO HÁ TEKO – SEM TERRA NÃO HÁ CULTURA”: ESTUDO E DESENVOLVIMENTO AUTO-SUSTENTÁVEL DE COMUNIDADES INDÍGENAS GUARANI

Aldo Litaiff

Resumo


A finalidade deste artigo é relatar os resultados do projeto “Sem tekoa não há teko, sem terra não há cultura: estudo e desenvolvimento auto-sustentável de comunidades indígenas guarani”. Executado conjuntamente pela UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) e Unisul (Universidade do Sul de Santa Catarina), entre março de 2002 e dezembro de 2007, o projeto visava como objetivo geral, incentivar formas econômicas apropriadas ao etnodesenvolvimento e à auto-sustentabilidade de terras indígenas guarani localizadas no litoral do Estado de Santa Catarina, medida compatível com “teko”, ou seja, modo de ser ou cultura guarani.

Palavras-chave


Índios Guarani; etnodesenvolvimento; auto-sustentabilidade; terra

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-6524.6001

Qualis Área de Avaliação Classificação ANTROPOLOGIA / ARQUEOLOGIA B1 CIÊNCIAS AMBIENTAIS B2 COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO B2 DIREITO B3 EDUCAÇÃO B3 HISTÓRIA B3 INTERDISCIPLINAR B2 LINGUíSTICA E LITERATURA B2 LINGUíSTICA E LITERATURA B2 MEDICINA II B5 PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL / DEMOGRAFIA B3 PSICOLOGIA B3 SOCIOLOGIA