O DISCURSO DOS FRAGMENTOS: SÓCIO-COSMOLOGIA E ALTERIDADE NA CERÂMICA GUARANI PRÉ-COLONIAL

Adriana Schmidt Dias, Mariana Neumann, Rodrigo Montero, Marilise Moscardini Passos, Pedro Meirelles, Roberta Porto

Resumo


De acordo com as fontes etnohistóricas do século XVII, a decoração e a variabilidade formal da cerâmica Guarani estavam relacionadas aos diferentes tipos de uso dos vasilhames, sendo a cerâmica pintada usada principalmente em situações rituais. Com o objetivo de explorar a relação entre os grafismos e as categorias funcionais de vasilhas, bem como as variações estilísticas regionais e/ou cronológicas apresentadas pelas amostras, analisamos coleções de cerâmicas arqueológicas do litoral norte e da região noroeste do Rio Grande do Sul. No estudo de caso aqui apresentado, sugerimos que a cerâmica pintada apresenta alto potencial para análise de problemáticas relativas à alteridade e ao universo sócio-cosmológico Guarani pré-colonial.

Palavras-chave


Cultura material, arqueologia Guarani, arqueologia sul brasileira, análise cerâmica, cerâmica Guarani pintada.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-6524.5977

Qualis Área de Avaliação Classificação ANTROPOLOGIA / ARQUEOLOGIA B1 CIÊNCIAS AMBIENTAIS B2 COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO B2 DIREITO B3 EDUCAÇÃO B3 HISTÓRIA B3 INTERDISCIPLINAR B2 LINGUíSTICA E LITERATURA B2 LINGUíSTICA E LITERATURA B2 MEDICINA II B5 PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL / DEMOGRAFIA B3 PSICOLOGIA B3 SOCIOLOGIA