LIDERANÇAS INDÍGENAS E A LUTA PELA TERRA COMO EXPRESSÃO DA ORGANIZAÇÃO SOCIOPOLÍTICA GUARANI E KAIOWÁ

Thiago Leandro Vieira Cavalcante

Resumo


Com base em dados históricos e em dados etnográficos obtidos em terras indígenas guarani e kaiowá na região sul do estado de Mato Grosso do Sul entre os anos de 2009 e 2014, o artigo propõe uma discussão sobre as formas tradicionais de liderança entre os povos Kaiowá e Guarani e a capitania, modelo imposto pelo Serviço de Proteção ao Índio. A partir dessa discussão é possível uma reflexão no sentido de que a inviabilização da manutenção das relações sociopolíticas tradicionais no interior das reservas indígenas que impulsiona movimentos de retomada de frações de terras de ocupação tradicional indígena para que assim, seja possível o restabelecimento, ainda que em condições precárias, principalmente entre os grupos familiares extensos no que diz respeito à sua organização sociopolítica, possibilitando assim a constituição de novas famílias extensas e de novos tekoha.

Palavras-chave


Capitania; Liderança Indígena; Retomadas de Terras Indígenas; Guarani; Kaiowá.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-6524.54382

Qualis Área de Avaliação Classificação ANTROPOLOGIA / ARQUEOLOGIA B1 CIÊNCIAS AMBIENTAIS B2 COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO B2 DIREITO B3 EDUCAÇÃO B3 HISTÓRIA B3 INTERDISCIPLINAR B2 LINGUíSTICA E LITERATURA B2 LINGUíSTICA E LITERATURA B2 MEDICINA II B5 PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL / DEMOGRAFIA B3 PSICOLOGIA B3 SOCIOLOGIA