"CAMINHAR PELOS PRÓPRIOS CAMINHOS": A PERSISTÊNCIA DOS INDÍGENAS DA SERRA NEVADA DE SANTA MARTA (COLÔMBIA) NOS CAMINHOS DA “CULTURA PRÓPRIA”

Patricia Lora León

Resumo


O objetivo deste artigo é descrever “os caminhos próprios” do pensamento de quatro povos indígenas da Colômbia (Kogi, Wiwa, Arhuaco e Kankuamo) através das narrativas que apelam aos princípios e dispositivos a partir dos quais opera a cultura própria. Discuto o sentido que a cultura própria detém para “a comunicação essencial” indígena com a diversidade física e espiritual do universo. Aponto como desde o sentido da comunicação imbuído em Yuluka - princípio que atravessa e acompanha o sentido de ser e do agir indígena - articulam-se outros elementos fundamentais para o pensamento e a cultura própria (Alúna e Sewá), os quais possibilitam ao homem cumprir a sua missão originária do cuidado e da ligação permanente entre tudo quanto existe no mundo.

Palavras-chave


Pensamento ameríndio; filosofia política; cosmopolítica; povos indígenas (Colômbia).

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-6524.38279

Qualis Área de Avaliação Classificação ANTROPOLOGIA / ARQUEOLOGIA B1 CIÊNCIAS AMBIENTAIS B2 COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO B2 DIREITO B3 EDUCAÇÃO B3 HISTÓRIA B3 INTERDISCIPLINAR B2 LINGUíSTICA E LITERATURA B2 LINGUíSTICA E LITERATURA B2 MEDICINA II B5 PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL / DEMOGRAFIA B3 PSICOLOGIA B3 SOCIOLOGIA