A INSERÇÃO DA MULHER INDÍGENA BRASILEIRA NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA ATRAVÉS DA LITERATURA

Autores

  • Vera Lucia Teixeira Kauss UNIGRANRIO - Universidade do Grande Rio
  • Adreana Peruzzo UNIGRANRIO - Universidade do Grande Rio

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-6524.31868

Palavras-chave:

Feminino, Indígenas, Literatura.

Resumo

Desde a colonização, a mulher indígena brasileira passou a conviver com abusos e violências em vários níveis. Durante séculos, junto com seus povos, foram colocadas à margem da sociedade e obrigadas a continuar sofrendo, silenciadas, violências de toda espécie. Apenas no século XX, elas, através da literatura escrita, expressam suas dores e lutam pelos seus direitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adreana Peruzzo, UNIGRANRIO - Universidade do Grande Rio

Mestrando em fase de escritura da Dissertação do Mestrado em Letras e Ciências Humanas da UNIGRANRIO - Universidade do Grande Rio

Downloads

Publicado

2012-12-21

Como Citar

KAUSS, V. L. T.; PERUZZO, A. A INSERÇÃO DA MULHER INDÍGENA BRASILEIRA NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA ATRAVÉS DA LITERATURA. Espaço Ameríndio, Porto Alegre, v. 6, n. 2, p. 32, 2012. DOI: 10.22456/1982-6524.31868. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/EspacoAmerindio/article/view/31868. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS