GONÇALVES DIAS E A SEÇÃO ETNOGRÁFICA E NARRATIVA DA COMISSÃO CIENTÍFICA DE EXPLORAÇÃO (1859-1861)

Eduardo Henrique Barbosa de Vasconcelos

Resumo


O Brasil deve ser conhecido e estudado pelos brasileiros. Essa ideia foi a força que gestou e legitimou a criação da Comissão Cientifica Exploração (CCE), criada pelos membros do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro com o apoio e o financiamento do governo imperial brasileiro para estimular as pesquisas sobre o “jovem” país. Dentro desse audacioso plano político-científico, o saber e o fazer etnográficos também se fizeram presentes nas ações atribuídas ao poeta/cientista Gonçalves Dias, chefe-responsável das atividades da seção etnográfica e narrativa da CCE e que deveria ter desenvolvido suas atividades na província do Ceará durante 03 anos (1859-1861). Pensar as ações da seção etnográfica e narrativa durante o período de atuação na província cearense é o objetivo deste trabalho.

Palavras-chave


Século XIX; Comissão Científica de Exploração; Gonçalves Dias; Etnografia; Ceará

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-6524.26446

Qualis Área de Avaliação Classificação ANTROPOLOGIA / ARQUEOLOGIA B1 CIÊNCIAS AMBIENTAIS B2 COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO B2 DIREITO B3 EDUCAÇÃO B3 HISTÓRIA B3 INTERDISCIPLINAR B2 LINGUíSTICA E LITERATURA B2 LINGUíSTICA E LITERATURA B2 MEDICINA II B5 PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL / DEMOGRAFIA B3 PSICOLOGIA B3 SOCIOLOGIA