A IMAGEM CONTRA A PURA REPRESENTAÇÃO: CORPOS, ALMAS E COSMOPOLÍTICA NA AMAZÔNIA

Leif Grunewald

Resumo


Um olhar sobre a noção de alma, conforme apresentada em um conjunto de etnografias sobre povos ameríndios, nos revela uma curiosa relação entre ‘alma’ e ‘imagem’, tratando-as como imagens corporais muito particulares dotadas da capacidade de se relacionar com variados centros de agência não humanos. Estas relações, como se sabe, são perigosas, uma vez que se corre eminente o risco da alma ser capturada ou agredida por formas de alteridade não humanas. Isso, claro, de um lado. De outro, as mesmas relações têm papel importante no xamanismo e na nominação. Este ensaio pretende, então, ampliar a compreensão sobre que tipo de imagem é esta chamada de alma nas paisagens amazônicas e como ela pode ser concebida como uma imagem que se furta à representação do corpo físico.

Palavras-chave


alma; imagem; Amazônia; perspectivismo ameríndio.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-6524.20873

Qualis Área de Avaliação Classificação ANTROPOLOGIA / ARQUEOLOGIA B1 CIÊNCIAS AMBIENTAIS B2 COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO B2 DIREITO B3 EDUCAÇÃO B3 HISTÓRIA B3 INTERDISCIPLINAR B2 LINGUíSTICA E LITERATURA B2 LINGUíSTICA E LITERATURA B2 MEDICINA II B5 PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL / DEMOGRAFIA B3 PSICOLOGIA B3 SOCIOLOGIA