Áreas de atuação de pesquisadores como input para caracterizar a atuação institucional

Autores

  • Rosangela Galdino Universidade Federal de São Carlos
  • Roniberto Morato do Amaral UFSCar

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245271.286-307

Palavras-chave:

Área de atuação, Currículo Lattes, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de São Paulo, Bibliometria

Resumo

A avaliação da atividade científica envolve estudos bibliométricos, que utilizam como fontes de informação bases de dados como, por exemplo, a Web of Science, a Scopus e a Plataforma Lattes. Esta pesquisa visou contribuir para a caracterização da atuação das instituições de ciência, tecnologia e inovação através dos estudos bibliométricos; mais especificamente, seu objetivo geral foi caracterizar o perfil de atuação de uma instituição de ciência, tecnologia e inovação, utilizando as informações sobre as áreas de atuação dos seus docentes-pesquisadores presentes nos seus respectivos currículos Lattes. O método utilizado foi o estudo de caso e a unidade-caso foi o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP). A bibliometria foi utilizada como técnica de análise de informações e a Plataforma Lattes foi utilizada como fonte de coleta de dados. A amostra analisada compreendeu 1997 currículos Lattes de docentes-pesquisadores ativos no período de 2010 a 2018. Constatou-se o caráter multidisciplinar da atuação da instituição, bem como a proximidade de atuação entre os seus campi, e traçou-se o perfil disciplinar e multidisciplinar dos docentes. Conclui-se que os resultados alcançados podem contribuir para os estudos bibliométricos de instituições de ciência, tecnologia e inovação, ao sistematizar, através da análise das áreas de atuação dos pesquisadores, a identificação e a visualização de seu perfil de atuação, bem como a identificação de áreas de interesse potencialmente maior para colaboração entre docentes.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosangela Galdino, Universidade Federal de São Carlos

Mestre em Ciência, Tecnologia e Sociedade pela Universidade Federal de São Carlos (2019). Especialista em Gestão de Biblioteca Escolar pela Unyleya (2018) e em Neurosicopedagogia pela FAB (2014). Graduação em Ciências da Informação e da Documentação pela Universidade de São Paulo (USP/FFCLRP). Desde 2014 atua como bibliotecária-documentalista no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP).

Roniberto Morato do Amaral, UFSCar

Professor Associado da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), vinculado ao Departamento de Ciência da Informação. Pesquisador do Núcleo de Informação Tecnológica em Materiais da UFSCar (NIT/Materiais). Doutor (2010) e Mestre (2006) em Engenharia de Produção e Bibliotecário (2003) pela UFSCar. Atuo na investigação da atividade de Inteligência Competitiva com base na abordagem das competências e sua aplicação à gestão tecnológica e inovação, por intermédio da elaboração e análise de indicadores de produção científica e tecnológica.

Downloads

Publicado

2020-12-22

Como Citar

GALDINO, R.; AMARAL, R. M. do. Áreas de atuação de pesquisadores como input para caracterizar a atuação institucional. Em Questão, Porto Alegre, v. 27, n. 1, p. 286–307, 2020. DOI: 10.19132/1808-5245271.286-307. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/98632. Acesso em: 22 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)