Identidades,Valores e Mudanças: o poder da identidade profissional. Os bibliotecários subsistem na era da informação?

Maria Tereza Machado Teles Walter

Resumo


O trabalho aborda a questão da construção e desconstrução das identidades profissionais, especialmente focalizando o grupo dos bibliotecários e profissionais da informação, cujo modo de realizar seu trabalho foi profundamente afetado pelas tecnologias de informação e comunicação. A análise é efetuada sob a perspectiva da literatura, por intermédio da qual são apontados os fatores que concorrem para formação das identidades profissionais, além das dificuldades de delimitação das fronteiras de jurisdição de exercício profissional, especialmente no caso dos bibliotecários. Finalmente, identifica-se o entrave para repensar a profissão bibliotecária em função da proteção normativa, mas evidencia-se essa necessidade em decorrência da emergência das tecnologias de informação, de outros grupos de profissionais da informação que concorrem pelos mesmos nichos de atuação, visando à subsistência desse grupo ocupacional.


Palavras-chave


Identidade profissional; bibliotecário; profissional da informação

Texto completo:

PDF




Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Facebook | EQ no Google Scholar

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)