Desinformação e informação semântica: a Filosofia da Informação e o pensamento de Luciano Floridi na contribuição à confiabilidade informacional

Leonardo Ripoll, José Claudio Morelli Matos

Resumo


O artigo apresenta, de forma introdutória, a Filosofia da Informação, abordagem teórica metodológica desenvolvida por Luciano Floridi como uma fundamentação epistemológica adequada ao atual estágio da sociedade da informação. Descreve brevemente alguns conceitos cruciais dos trabalhos do autor, como ‘informação semântica’ e ‘veridicalidade’ da informação, para demonstrar como o autor trata a questão da desinformação. Relaciona, por fim, as ideias de Floridi para a noção de ‘confiabilidade informacional’, conceito a ser desenvolvido no contexto contemporâneo visando o combate à desinformação.


Palavras-chave


Filosofia da Informação; Luciano Floridi; Informação semântica; Desinformação; Confiabilidade informacional

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1808-524500.%25p



Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Facebook | EQ no Google Scholar

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)