Astronomia chilena: efeito da concentração da produção científica sobre os indicadores de um país

Peter Alexander Schulz, Fábio Salomão Vinco e Silva

Resumo


Neste trabalho analisamos os indicadores de produção científica, número de artigos e citações, para diferentes áreas do conhecimento, em particular Astronomia e Astrofísica de autores lotados em instituições chilenas. A motivação para a análise foi a disseminação de um ranking baseado em informações incompletas, mas que repercutiu em comunidades interessadas em indicadores bibliométricos. A análise no nível de subáreas do conhecimento mostra como a concentração de produção e citações em apenas uma área pode influenciar médias gerais e eventuais posições em rankings. Verifica-se também o peso que uma única instituição, o European Southern Observatory (ESO), pode apresentar nos indicadores gerais de um país. Uma rede de coautoria envolvendo pesquisadores do ESO é construída e analisada, revelando algumas características das colaborações em grandes ambientes de pesquisa voltadas à Astronomia.


Palavras-chave


Indicadores bibliométricos, Redes de coautoria; impacto e citações; Índice de atividade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1808-5245240.71-87



Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Facebook | EQ no Google Scholar

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)