Serviços de descoberta: panorama nas bibliotecas das instituições públicas de ensino superior brasileiras

Fernanda Gomes Almeida, Beatriz Valadares Cendón

Resumo


Este trabalho visa apresentar os contextos, conceitos, vantagens e limitações das principais abordagens para tornar os recursos das bibliotecas visíveis e acessíveis aos usuários como os catálogos online e os produtos de descoberta - interfaces ou ferramentas que têm um único ponto de entrada para todos os recursos da biblioteca, simplificando a consulta dos seus acervos físicos e online. Teve também por objetivo verificar se as bibliotecas em instituições públicas de ensino superior brasileiras têm aderido ao uso dos serviços de descoberta em escala para uma maior visibilidade dos seus acervos físicos e online, adaptando-se aos interesses da “geração Google”. A metodologia consistiu da identificação das instituições públicas de ensino superior por meio do Sistema e-MEC e da consulta aos sites das bibliotecas ou sistemas de bibliotecas das instituições identificadas visando apontar aquelas que utilizam os serviços de descoberta em escala na web. A pesquisa demonstrou que, embora promissores, os serviços de descoberta na web ainda não são uma realidade para a maioria das bibliotecas de instituições públicas universitárias brasileiras apresentando reflexões sobre as razões para a baixa taxa de adesão.

Palavras-chave


Serviços de descoberta. Descoberta em escala. Metabusca. OPAC. Bibliotecas universitárias.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1808-5245252.300-325



Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Facebook | EQ no Google Scholar

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)