O produtivismo acadêmico na vida dos discentes de pós-graduação

Letícia Silvana dos Santos Estácio, Wemylinn Giovana Florencio Andrade, Vinícius Medina Kern, Cristiano Jose Castro de Almeida Cunha

Resumo


O produtivismo acadêmico é um fenômeno caracterizado pela excessiva valorização da quantidade e pela escassa consideração da qualidade da produção acadêmica. O objetivo deste artigo é compreender a influência do produtivismo acadêmico na vida dos discentes de um curso de pós-graduação a partir de suas percepções.  O estudo utilizou o método qualitativo fundamentado na entrevista em profundidade e na análise temática dos dados. Foram entrevistados dez discentes. Os discentes consideram o produtivismo acadêmico tanto positivo quanto negativo. Do ponto de vista positivo, argumentam que a cobrança por produzir contribui no processo de construção do conhecimento, e do lado negativo, que a pressão para publicar em quantidade exige intensa dedicação, gerando, em muitos casos, problemas psicológicos, emocionais e físicos.


Palavras-chave


Produtivismo acadêmico. Pós-Graduação. Produção científica. Discentes.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1808-5245251.133-158



Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Facebook | EQ no Google Scholar

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)