Desambiguação de nomes de autores para a identificação automática de perfis acadêmicos

Luciano Antonio Digiampietri, João Eduardo Ferreira

Resumo


A desambiguação de nomes é uma atividade fundamental em estudos bibliométricos, em particular naqueles que utilizam diferentes fontes de informação. O objetivo deste trabalho é propor e testar uma estratégia de desambiguação de nomes de autores de forma a possibilitar a identificação automática do perfil do Google Acadêmico de docentes. A estratégia proposta é baseada na busca pelos perfis dos docentes no Google Acadêmico, seguida por um processo de casamento de nomes. Adicionalmente são comparadas as publicações acadêmicas que estão cadastradas no currículo Lattes do docente e no perfil do Google Acadêmico. Por fim, a resolução de nomes ocorre, verificando-se entre os perfis compatíveis aquele que apresenta maiores evidências de pertencer ao respectivo docente. Um estudo de caso envolvendo os docentes da Universidade de São Paulo foi realizado, e o sistema automático foi capaz de identificar, de maneira correta, 4.283 perfis do Google Acadêmico. Uma análise de cobertura mostrou que o sistema foi capaz de encontrar cerca de 95% dos perfis dos docentes que possuem essa informação, e nenhum falso-positivo foi identificado.


Palavras-chave


Desambiguação de nomes; Resolução de entidades; Bibliometria

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1808-5245242.37-54



Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Facebook | EQ no Google Scholar

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)