Entrecruzamento dos estudos geracionais e a formação de usuários

Marcos Aurelio Gomes

Resumo


Objetiva identificar as conexões históricas e sociais entre os estudos de gerações e as práticas desenvolvidas no uso dos recursos informacionais pelas bibliotecas. Estudo de natureza exploratória com enfoque na pesquisa bibliográfica. Quatro categorias foram estabelecidas: coorte; características; tempo histórico e social; e formação dos usuários. Ao se considerar tais categorias, delineou-se o cenário para cada classe geracional: veteranos, baby boomers e as gerações X, Y e Z. Conclui-se que cada classe geracional indica, em determinado tempo, uma possível correspondência direta com a formação de usuários da informação, essa, por sua vez, condicionada a uma demanda socioeconômica.

Palavras-chave


Educação de usuários. Estudos de usuários. Formação de usuários.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1808-5245233.32-52



Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Facebook | EQ no Google Scholar

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)