Comunicação e poder nas organizações

Autores

  • Marlene Branca Sólio Universidade de Caxias do Sul

Palavras-chave:

Poder Formal. Poder Informal. Subjetividade. Comunicação Organizacional.

Resumo

Este trabalho integra o projeto de pesquisa Marcas das relações de poder na comunicação organizacional formal e/ou informal, iniciado no Departamento de Comunicação da Universidade de Caxias do Sul em 2006. Adotamos o Paradigma da Complexidade, de Edgar Morin, como forma de olhar para a questão, intimamente relacionada ao desenho dos processos comunicacionais no campo organizacional. No artigo, olhamos em maior profundidade para a noção de poder, amparando-nos em Foucault e Althusser e relacionando-a à subjetividade dos atores organizacionais, para o que recorremos à psicanálise, fundamentando-nos em Freud e Lacan.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marlene Branca Sólio, Universidade de Caxias do Sul

Marlene Branca Sólio é mestre em Comunicação pela Unisinos, aluna do Doutorado em Comunicação Organizacional da PUC/RS, autora do livro Jornalismo Organizacional: produção e recepção (Educs, 2008). Professora e pesquisadora no Centro de Ciências da Comunicação da Universidade de Caxias do Sul.

Downloads

Publicado

2009-03-13

Como Citar

SÓLIO, M. B. Comunicação e poder nas organizações. Em Questão, Porto Alegre, v. 14, n. 2, p. 207–222, 2009. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/6239. Acesso em: 27 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos