Estudos métricos de informação no Brasil e na Espanha a partir dos artigos coletados na WoS

María Luisa Lascurain Sánchez

Resumo


Este trabalho analisa a presença de artigos, assinados por autores do Brasil e da Espanha, sobre as disciplinas que formam os estudos métricos de informação (EMI) na WoS. Inicia-se com um número muito baixo de documentos, que cresce ao longo do tempo, com um CMA superior para o Brasil (25,17%) do que para a Espanha (13,57%). O idioma principal, com aproximadamente 60% dos artigos, é o inglês. A temática, examinada a partir das categorias WoS e da agrupação proposta por Glänzel e Schubert (2003), indica a existência de outras áreas diferentes à LIS, como Engenharia ou Medicina. A interdisciplinaridade dos trabalhos manifesta-se também nas revistas de publicação. Este núcleo está formado por publicações nacionais (72,73% para Brasil e 50% para Espanha). A colaboração entre países é muito escassa, com somente nove registros em todo o período estudado.


Palavras-chave


Estudos métricos de informação. Análise bibliométrica. Brasil. Espanha.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1808-5245213.250-270



Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Facebook | EQ no Google Scholar

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)