Registro da informação: consciência, materialidade e código da escrita

Lizete Dias de Oliveira

Resumo


A escrita é uma poderosa invenção de registro e transmissão da Informação que modificou a consciência humana, imprimindo-lhe uma nova consciência histórica ligada a uma concepção linear e vetorial do tempo. Nesse estudo a escrita é analisada a partir das técnicas de registro de Informação (inscri- ção, sobrescriçao e prescrição) a partir dos códigos empregados (pictográficos, alfanuméricos ou binários), sendo cada código ligado a uma concepção de representação (caracteres, tipos e cifras), e inscrito através de diferentes técnicas e cultura material (ferramentas, máquinas e aparelhos). Conclui-se que cada mé- todo de registro está vinculado a um tipo de consciência sobre o mundo, sobre o tempo, sobre as relações sociais e que a mudança em alguns desses aspectos provoca transformações nos demais.

Palavras-chave


Escrita. Códigos de escrita. Materialidades. Ciência da Informação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1808-5245213.235-249



Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Facebook | EQ no Google Scholar

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)