Estudo comparativo teórico metodológico dos índices normalizados de citação: uma aplicação na ciência brasileira (1996-2007)

Maria Cláudia Cabrini Grácio, Ely Francina Tannuri Oliveira

Resumo


Objetiva-se apresentar, analisar e comparar os resultados da aplicação de três procedimentos de normalização do índice de citação por documento: normalização pela média geral, pela mediana e pela média dos 10% mais produtivos da área, no universo da ciência brasileira nas 27 áreas do conhecimento, apresentadas pela Scopus. A partir dos dados do portal SCImago Journal & Country Rankings para as 27 áreas, calcularam-se Ma, Md e Ma10% para o número de citações por documento para o conjunto de países. A seguir, para cada área, calculou-se o índice normalizado do Brasil pela média geral (INma), pela mediana (INmd) e pela média dos 10% dos países mais produtivos (INma10%). Concluiu-se que os procedimentos de normalização apresentam resultados com menos vieses e mais representativos do desempenho real da área em relação aos pares, quando se comparam diferentes áreas do conhecimento. Essa é a grande contribuição dos indicadores normalizados apontada por esta pesquisa.


Palavras-chave


Estudo teórico-metodológico. Índices de citação. Índices normalizados de citação.

Texto completo:

PDF RESUMO




Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Facebook | EQ no Google Scholar

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)